Últimas Notícias
Search

Paraíba - Açudes de Teixeira estão em situação crítica, diz AESA.

Os quatro açudes de Teixeira monitorados pela AESA estão em situação crítica. Dados atualizados nos dias 12, 13 e 14 de outubro mostram que dos reservatórios acompanhados pelo órgão estão com um volume menor que 5% da capacidade total. Um deles está com o volume zerado.

As chuvas também foram poucas durante o ano. Conforme a Agência Executiva de Gestão das Águas do estado (AESA) só foram registrados 414,2mm até o momento, sem mais perspectiva de registros pluviométricos.

O abastecimento em Teixeira já está recenseado. A população mais carente é quem mais sofre. Muitos teixeirenses não tem condições de comprar água e necessitam urgentemente de uma alternativa.

Confira os dados da AESA por açude:

BASTIANA 
Capacidade máxima- 1.271,560 m³
Volume atual- 40.940 m³
Volume total- 3,22%
Data de registro-12/10/2021
 
RIACHO DAS MOÇAS
Capacidade máxima- 6.413,411 m³
Volume atual-273.111 m³
Volume total- 4,26%
Data de registro-13/10/2021
 
SABONETE
Capacidade máxima- 1.952.540 m³
Volume atual-0 m³
Volume total-0,0%
Data de registro-12/10/2021
 
SÃO FRANCISCO II
Capacidade máxima- 4.920.720 m³
Volume atual-206.642 m³
Volume total-4,20%
Data de registro-11/10/2021
 
Dados da AESA
Teixeira em Foco 



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Paraíba - Açudes de Teixeira estão em situação crítica, diz AESA.

    Os comentários postados aqui não representam a opinião do Blog do Pereira.Net - A responsabilidade é do autor da mensagem.