Últimas Notícias
Search

Operação RICE: Fase 2 - Acusados de homicídios e torturas em cidades do Pajeú são presos na Paraíba.

A Polícia Civil, Seccionais de Princesa Isabel e Monteiro, também por intermédio do GTE de Patos-PB prenderam na tarde dessa quarta-feira 28 de julho na cidade de Sume-PB dois indivíduos investigados por tráfico de drogas e duplo homicídio qualificado. 

Após investigações, as equipes se dirigiram até a cidade de Sume identificando a residência dos presos, onde foi apreendido os seguintes materiais: 
280 (duzentos e oitenta) papelotes de substância semelhante à Maconha,
6 (seis) pedras de cor branca semelhantes à cocaína,
a quantia aproximada de R$ 700,00 (Setecentos Reais) em espécie e cadernos com anotações de movimentação financeira do tráfico de drogas ilícitas.

Os indivíduos foram conduzidos até a Delegacia de Monteiro para a lavratura dos procedimentos policiais.

“Já tínhamos prendido 8 (oito) indivíduos dessa quadrilha durante a 1ª fase da OPERAÇÃO RICE, mas essa foi uma prisão muito importante, vez que os investigados possivelmente estão envolvidos com o tráfico interestadual, além de homicídios e torturas, notadamente nas cidades pernambucanas de Santa Terezinha/PE e São José do Egito/PE, em conexão com as cidades de Imaculada/PB, Prata/PB, Ouro Velho/PB, Sumé/PB e Patos/PB, todas na Paraíba”, disse o Delegado Seccional de Princesa Isabel, Paulo Ênio Rabelo.

“Ressaltamos o trabalho em conjunto realizado entre as Delegacias Seccionais, que resultou nessas importantes prisões na cidade de Sumé/PB; mais ainda, as investigações continuam para identificar e prender demais membros da associação criminosa”, disse o Delegado Seccional de Monteiro, Gilson Duarte.

Fonte:) Patos Online.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Operação RICE: Fase 2 - Acusados de homicídios e torturas em cidades do Pajeú são presos na Paraíba.

    Os comentários postados aqui não representam a opinião do Blog do Pereira.Net - A responsabilidade é do autor da mensagem.