Últimas Notícias
Search

Santa Terezinha - Caso Auxílio Emergencial acabe, município perde mais de dois milhões e meio por mês.

Caso o Auxílio Emergencial criado pelo governo Bolsonaro e pago desde o mês de abril de 2020 devido a pandemia global causada pelo novo Coronavírus, que obrigou que as pessoas ficassem em casa e respeitassem o isolamento social, o município de Santa Terezinha ficará sem mais de dois milhões de reais por mês em 2021. Esse valor é superior ao que a prefeitura recebeu de FMP por mês no período de abril a agosto do ano passado, conforme pesquisa feita na tarde de hoje (12) pelo Blog através dos canais de informação do governo brasileiro.

Os cidadãos de Santa Terezinha estavam recebendo mensalmente mais de dois milhões e meio de reais injetados na economia local com o Auxílio Emergencial, dinheiro este que se for vetado inpactará de forma mais que insignificante na economia das famílias de baixa renda do município, que sobreviviam com o Bolsa Família.

Os números apurados pelo Blog do Pereira.Net apontam o quanto deixará de girar no comércio local, o que afetará a nossa economia em cheio.

Veja o volume de recursos de abril até agosto.

A expectativa é de que o governo federal renove o auxílio, já que a pandemia não acabou e vem se agravando, principalmente fora do país, que a qualquer momento pode sofrer uma nova onda de infecção, caso a vacina não seja logo disponibilizada.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Santa Terezinha - Caso Auxílio Emergencial acabe, município perde mais de dois milhões e meio por mês.

    Os comentários postados aqui não representam a opinião do Blog do Pereira.Net - A responsabilidade é do autor da mensagem.