Últimas Notícias
Search

Estudantes devem lotar a Câmara de ST na votação de repúdio aos cortes na educação

Dezenas de estudantes e professores do Instituto Federal de Educação (IF-Sertão) e da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE/UAST) prometem lotar o plenário da Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST) nesta segunda-feira (3).
Eles devem acompanhar de perto a votação da Moção de Repúdio 013/2019, de autoria do vereador Sinézio Rodrigues (PT), contrária aos cortes na pasta da Educação, que já provocaram, inclusive, demissões na Unidade Acadêmica de Serra Talhada (UAST). O final de semana foi de mobilização.
Nas redes sociais foram espalhadas convocações para ocupação pacifica do plenário. “Devemos ocupar o espaço em defesa das instituições de ensino e contra o corte, e também em defesa da Democracia. Precisamos nos unir e lutar pela mesma bandeira: a Educação”, diz um dos trechos da nota.
Papelaria_Santa_Ana REAÇÃO AOS XINGAMENTOS
A mobilização dos estudantes e professores é uma reação ao comportamento do Movimento Direita Serra Talhada, que na semana passada, impediu que a moção entrasse em regime de votação. Alguns integrantes num grupo de cerca de 20 pessoas, xingaram e atacaram os vereadores favoráveis ao repúdio com palavras de baixo calão.
https://www.instagram.com/kerlaniosilva/
Em nota, o presidente da Casa Joaquim de Souza Melo, Manoel Enfermeiro (PT), que suspendeu a sessão, informou que os bolsonaristas praticaram a desordem em plenário. A expectativa do vereador é colocar a Moção 013/2019 em votação e aprová-la.
Fonte:) Farol de Notícias.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Estudantes devem lotar a Câmara de ST na votação de repúdio aos cortes na educação