Últimas Notícias
Search

Em 4 meses prefeitura de Flores perde mais de R$ 1 milhão em FPM.

A Prefeitura de Flores-PE continua a sofrer com queda do coeficiente para o repasse do Fundo de Participação dos Municípios – FPM que saiu da tabela de 1.4, para 1.2 – que serve como base para que o Tribunal de Contas da União (TCU) calcule o coeficiente do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Papelaria_Santa_Ana Ao fazer um comparativo com o município que recebe o recurso dentro da tabela de, 1.4 – Marconi Santana, gestor do município contabilizou um déficit na ordem de, R$ 1.096.607,74 (hum milhão, noventa e seis mil, seiscentos e quarenta e seis reais e quarenta e nove centavos) – isso nos últimos 4 (quatro) meses, na principal receita que é tida como uma importante fonte de renda do executivo.
Na tabela do novo coeficiente de 1.2, Flores vêm sofrendo mensalmente uma perda no FPM de mais de R$ 90 mil, na saúde mais de R$ 21 mil e no FUNDEB, mais de R$ 28 mil. Os valores foram contabilizados pelo o prefeito, em novembro do ano passado, quando viu seu município ser inserido entre os 135 (cento e trinta e cinco) impactados com a redução do coeficiente.
Dentro deste cenário a administração municipal se prepara para outras quedas nos valores dos repasses a partir do mês de julho – já que, é nessa época que o governo federal começa a pagar as parcelas da restituição do Imposto de Renda. Para isso, a Receita utiliza parte do FPM. 
https://www.facebook.com/profile.php?id=100025404650803&ref=br_rs
Por:Junior Campos.
https://api.whatsapp.com/send?phone=5587988112294&text=Olá,%20meu%20amigo!.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Em 4 meses prefeitura de Flores perde mais de R$ 1 milhão em FPM.