Últimas Notícias
Search

Política - Poder, sedução e queda. (Artigo de Opinião).

O ser humano, é facilmente enganado e seduzido por coisas superficiais como a beleza, a fama, o dinheiro, a reputação e o poder. Às vezes parecem tolos e, mesmo que se esforcem, não conseguem enxergar as coisas que acontecem à sua volta. São muitos os tolos abrigados provisoriamente no Estado, Município, Legislativos estadual e municipais. 
Papelaria_Santa_Ana O salto alto e o nariz empinado demonstram claramente o despreparo para o exercício de determinados cargos e prenunciam uma frustração desesperadora quando do retorno à planície.
A convivência do homem com o poder acaba lhe proporcionando todas as demais tentações. O requinte atrai a beleza. A escalada rumo a ascensão natural traz a fama que, às vezes, embriaga e proporciona o assédio e a bajulação! Nasce, então, o elogio fácil!
https://www.instagram.com/kerlaniosilva/
O poder alivia mágoas, elimina frustrações, massageia o ego, satisfaz o espírito, dá garantias, segurança, encobre situações e mascara as até então transparentes verdades do homem. Todos os sintomas desse realismo fantástico podem, no entanto, ser medido e constatado quando o poder se vai.
https://www.facebook.com/segvida.santaterezinha
Não são muitos os homens que sabem conviver com o fascínio resultante do poder. Em menor quantidade, são aqueles que sabem perdê-lo!
No auge, são poucos os homens que conservam os seus hábitos, as suas amizades e sentam-se à mesa como simples mortais. Felizes desses, porque serão sempre brindados pelos amigos que conquistaram, quando o poder se for.
https://www.facebook.com/groups/1604825913062892/?ref=bookmarks
Quando o poder se vai, curiosamente vão-se os ‘amigos’ e com eles toda uma legião de oportunistas. Vale lembrar que, na gangorra dessa vida, um dia se sobe e no outro se desce.
https://www.facebook.com/groups/1604825913062892/
Essa alternância que a vida estabelece proporciona conhecer o verdadeiro caráter de um homem que teve o poder nas mãos. Proporciona também, e principalmente, ao homem, avaliar as pessoas que vivem ao seu lado e à sua volta. 
Tenho dito!
https://www.facebook.com/clinicadrantoniofernandes/

Por Edmilson Lucena.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Política - Poder, sedução e queda. (Artigo de Opinião).

    Obrigado pelo seu comentário!