Últimas Notícias
Search

Mulher e filha eram mantidas em cárcere privado em Tabira.

Na manhã desta segunda-feira (15) a GT foi acionada pela permanência da 2ª CPM para verificar uma ocorrência de violência doméstica, no Sítio Pocinhos, pois a vítima [R.C. B. S.] de 34 anos, amasiada, doméstica informou por telefone que se encontrava em cárcere privado em sua residência, com sua filha menor de cinco anos e que seu companheiro havia trancado as mesmas e levado a chave da porta e o seu aparelho celular, para a vítima não ligar para polícia. Ao chegar ao local a vítima informou ao policiamento que foi agredida pelo imputado [E. G.S] de 23 anos, amasiado, servente de pedreiro durante a noite e madrugada da recorrente data, com socos na região da cabeça. 
O efetivo policial realizou diligências, a fim de localizar o imputado, sendo localizado depois de alguns minutos em sua própria residência. O imputado ao perceber a presença da polícia tentou evadir-se do local, mas foi detido pelo efetivo. Diante dos fatos os envolvidos foram conduzidos a DP local juntamente com quatro facas peixeiras (01 de 2,5”/02 de 6”/01 de 5”), que segundo a vítima o imputado usava tais facas para ameaçá-la e o aparelho celular que se encontrava de posse do imputado, para serem tomadas as medidas legais necessárias.
OUTUBRO ROSA



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Mulher e filha eram mantidas em cárcere privado em Tabira.