Últimas Notícias
Search

Prefeito de Patos, PB, é afastado e mais 12 são denunciados em Operação 'Cidade Luz'.

O juiz convocado Carlos Eduardo Leite Lisboa determinou, nesta terça-feira (14), o afastamento do prefeito do município de Patos, Dinaldo Wanderley Filho (PSDB), conhecido como Dinaldinho, após ele ter sido denunciado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) na ‘Operação Cidade Luz’, deflagrada no dia 2 deste mês, para investigar crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, desvio de recursos públicos, fraude em licitação e lavagem de dinheiro relacionadas a contratação de empresas para iluminação pública.
Além do prefeito, outras 12 pessoas também foram denunciadas pelo MPPB. A denúncia protocolada no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) tem mais de 200 páginas e detalha a atuação do esquema criminoso, que se dividia em quatro núcleos: político, econômico, setor de licitações e lavagem de capitais.
Enriquecimento da organização criminosa
A investigação mostrou que, em dez meses, a organização criminosa obteve um enriquecimento ilícito de mais de R$ 739 mil, desviados de contratos firmados com a Prefeitura de Patos, no montante de R$ 1,3 milhão.
O MPPB apurou que, no período anterior às eleições de 2016, o então candidato Dinaldinho organizou um esquema criminoso para o recebimento de vantagens ilícitas pagas pelas empresas Enertec e Real Energy, com as quais a Prefeitura de Patos manteve contrato de iluminação pública, a partir do ano seguinte.
Pedidos do MPPB
Na denúncia, o Ministério Público da Paraíba requer a condenação de cada um dos denunciados, especificando os crimes individuais cometidos por eles. Além disso, o MPPB requereu a suspensão da função pública do prefeito Dinaldo Wanderley e dos servidores públicos municipais envolvidos no crime.
Prefeitura não foi notificada

Aplicativo do Blog do Pereira.Net

Em contato com o Portal Correio, o coordenador de comunicação da Prefeitura de Patos, Misael Nóbrega, afirmou que a Procuradoria-Geral do Município ainda não foi notificada oficialmente sobre a determinação de afastamento de Dinaldinho do cargo e que, logo que isso ocorra, a Procuradoria irá emitir um posicionamento.
Vice deverá assumir
Tão logo ocorra a notificação oficial de afastamento do prefeito, a Prefeitura de Patos deverá ficar sob o comando do vice-prefeito, Bonifácio Rocha, eleito em 2016.
FONTE: Portal Correio



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Prefeito de Patos, PB, é afastado e mais 12 são denunciados em Operação 'Cidade Luz'.