Últimas Notícias
Search

Sucessão na Câmara divide bancada governista em Tabira.

Entre outubro e novembro de 2017 a Câmara de Tabira aprovou em dois turnos Emenda à Lei Orgânica propondo a reeleição dos integrantes da mesa diretora. A emenda teve a autoria do vereador Marcílio Pires. Na época votaram contra apenas os vereadores Alan Xavier, Djalma das Almofadas e Claudicéia Rocha.

A decisão deixou os onze vereadores em condições de disputar a Presidência da Casa Eduardo Domingos de Lima. Na última segunda-feira dia 25 de junho a Câmara fez a última reunião antes do recesso sem data definida para a eleição da nova mesa. E não é por falta de candidatos querendo o lugar da Presidente Nely Sampaio.

Durante sua entrevista a Rádio Cidade FM esta semana, o líder da oposição Djalma das Almofadas revelou que a bancada da situação está dividida. “Além da Presidente Nely Sampaio, que deseja ser reeleita, os colegas Aristóteles Monteiro e Cléber Paulino também querem o cargo”, disse Djalma.

Os comentários nos meios políticos são de que o petista Aristóteles Monteiro teria votado na Dra. Nely para receber dela o apoio agora.

Enquanto isso a oposição espera a movimentação dos governistas de olho na cadeira da presidência. Um detalhe: se a chapa Sebastião Dias e Zé Amaral cair na justiça, o futuro Presidente da Câmara assumirá até acontecer a eleição suplementar. Taí um motivo a mais para ficar de olho no cargo.

Por Anchieta Santos.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Sucessão na Câmara divide bancada governista em Tabira.