Últimas Notícias
Search

Prefeitos das principais cidades da região ainda não fecharam chapa.



Cada um com seus desafios e dilemas, Luciano Duque e José Patriota continuam sem colocar o bloco na rua.
Os dois prefeitos das cidades mais importantes do Sertão do Pajeú, Luciano Duque (PT), de Serra Talhada e José Patriota (PSB), de Afogados da Ingazeira, ainda não definiram totalmente a dupla de candidatos a Deputado Federal e Estadual que apoiarão nessas eleições.
Isso ao passo em que a maioria dos gestores já apresentam seus pré-candidatos.
O petista aguarda a definição do PT sobre o seu futuro. Se firma uma aliança com o PSB de Paulo Câmara ou se lança candidatura própria. Duque defende a candidatura própria, com a petista Marília Arraes.
A partir daí, com o cenário definido, o gestor anunciará seu nome a Federal. A única definição é pelo nome do candidato a Estadual, o atual Deputado Augusto César, do PTB.
Certo até agora que o nome do Federal seja do PT. Luciano já “queimou um cartucho” do que se entende como razoável, apoiando um candidato que pedirá votos para Armando Monteiro, como acerto por ter tido o parlamentar em seu palanque em 2016, na sua reeleição, demovendo o Dr Nena Magalhães de sua candidatura.
Já em Afogados, José Patriota ainda não anunciou seus dois nomes, mas já teria definição bastante encaminhada. Em relação ao Federal, a grande maioria acredita que o nome será de João Campos, filho do ex-governador Eduardo. Patriota já sinalizou que “pela gratidão a Eduardo”, deve votar no jovem. Até o Deputado Federal Gonzaga Patriota tirou da lista de prefeitos que o apoiam o gestor afogadense.
Por isso, a expectativa maior é pelo anúncio de quem apoiará para Estadual. Lidera a bolsa de apostas Aline Mariano, do Progressistas. Ela é filha do ex-deputado Antônio Mariano. Após Patriota anunciar que não disputaria um mandato, o nome de Aline ganhou força.
O voto tem um tom mais pragmático, com olhar voltado para 2020, quando o gestor vai buscar apoio do grupo ao nome que irá defender para prefeito.
Há resistência de socialistas históricos, por conta dos anos de rivalidade entre os dois blocos. Na sua origem politica, Patriota era ferrenho opositor a Antônio Mariano, numa disputa que foi muito forte nos anos 70 e 80.
A partir dos últimos mandatos de Totonho Valadares, o grupo de Antônio se aproximou da chamada Frente Popular. Estiveram juntos nas duas eleições de Patriota.
A festa dos 70 anos de Antônio Mariano, com o prefeito José Patriota, Aline e aliados, nesta sexta, para muitos já foi o que se pode chamar de prego batido, bucho cheio e ponta virada.

Por Nill JR.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Prefeitos das principais cidades da região ainda não fecharam chapa.

    Em respeito à Legislação Eleitoral, o Blog do Pereira.Net não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.