Últimas Notícias
Search

Educação de Santa Terezinha explica na Câmara fechamento de escolas e sobre Coordenadoras.

A Secretária de Educação de Santa Terezinha Mariza Lima e a Coordenadora Pedagógica Salédja Sales estiveram na sessão da Câmara de Vereadores na noite desta quarta-feira (16) para esclarecer questionamentos feitos pelos vereadores de oposição a cerca das escolas fechadas na zona rural do município e sobre o número de coordenadores que atuam nos ambientes escolares. 
Elas explicaram que as escolas fechadas estavam funcionando com número pequeno de alunos, até 12 estudantes, e que o custo gerado com professores, merendeiras, guardas e pessoas que limpam os locais superavam as necessidades, causando prejuízo ao cofre da prefeitura, então, foi tomada a decisão de juntar esses alunos, dessas escolas onde poucos estudavam, em uma só, a depender da localidade onde residem para conter despesas e também se chegar ao número de alunos pedido pelo MEC por sala de aula, o que facilita até a liberação de recursos pelo Ministério da Educação.
Segundo Mariza Lima, só este ano já foram economizados mais de trezentos e cinquenta mil reais. Outro motivo alegado por elas foi as péssimas condições que algumas escolas foram encontradas, mostrando em Slides como elas estão. A vereadora Lanjinha até citou que uma delas ainda tinha sido pintada quando seu esposo Teógenes Lustosa foi prefeito, dá para acreditar?
Foi mostrado também em Slides como a maior escola municipal, a José Paulino de Siqueira, foi recebida pela gestão e como ela se encontra no momento.
Sobre o número de coordenadores, foi apontado que Santa Terezinha tem quase dois mil alunos matriculados no município e onze coordenadores, um número que parece até pequeno pela quantidade de estudantes. 



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Educação de Santa Terezinha explica na Câmara fechamento de escolas e sobre Coordenadoras.