Últimas Notícias
Search

Coluna Pinga Fogo: Sem popularizar candidatura, Armando Monteiro poderá ser atropelado nas urnas, se concorrer ao Governo do Estado.

O Senador Armando Monteiro (PTB) poderá ser derrotado, caso concorra ao Palácio do Campo das Princesas, nas eleições deste ano.
Em 2014, o petebista foi atropelado nas urnas pelo sucessor de Eduardo Campos. Naquela época, a morte do neto de Miguel Arraes, comoveu todo o estado e rendeu uma votação histórica a Paulo Câmara, que saiu do pleito com 3 milhões de votos (68,08%) ante 1,37 milhões (31,07%) de Monteiro.

Apesar do cenário de 2018 ser diferente, Armando continua com a mesma dificuldade da eleição passada: a de “popularizar sua candidatura”.

Desta vez, possui um diferencial muito negativo, se levar o seu projeto de candidatura ao Governo do Estado à frente, tendo em vista que no seu palanque estão os aliados de Michel Temer, que acabam influenciando, diretamente, no processo eleitoral e dificultando qualquer tipo de popularização política.

Neste cenário adverso, a imagem de Armando Monteiro, por meio do seu palanque, acaba se associando a Temer, que possui rejeição de mais de 90% em Pernambuco. Inclusive, o cenário político nacional deverá ser utilizado pela Frente Popular para desqualificar o palanque da oposição, atingindo diretamente o candidato.

Outro ponto trata-se da candidatura de Marília Arraes (PT) que, aparentemente, tem interferido nos números eleitorais de Armando Monteiro, enquanto o governador lidera a corrida eleitoral.

Pesquisa do Instituto Múltipla, divulgada na segunda semana de março, mostra Paulo Câmara com 31% das intenções de votos, seguido de Armando Monteiro, com 19% e Marília Arraes, com 18,5%.

Por fim, Monteiro, ainda, corre o risco de sair das eleições de 2018 sem mandato político. Sem popularidade, quedas de números eleitorais e alto risco de derrota, o petebista, certamente, terá que fazer uma reflexão profunda sobre a corrida eleitoral.

GIRO POLÍTICO – Nessa segunda-feira, dia 19, Marília Arraes conquistou mais um apoio a sua candidatura ao Governo do Estado. Desta vez, o do ex-prefeito de Água Preta, Armando Souto (PDT).
Na Mata Sul, Arraes participou da procissão em homenagem a São José – padroeiro da cidade. Na ocasião, ainda, esteve com o pré-candidato a deputado estadual, Felipe Rodrigues; vereador de Palmares, Rinaldo Barros; advogado e ex-vereadora de Catende, César Barros; vereador de Catende, Amauri Barbosa, além dos presidentes dos Diretórios do PT de Barreiros e Água Preta.

Marília Arraes e Armando Souto.
FILIAÇÃO – O presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa e seu filho, o empresário Guilherme Uchoa Júnior, se filiarão  ao Partido Social Cristão (PSC), nesta terça-feira (20).
O ato de filiação acontecerá no Hotel Barramares, em Jaboatão, e contará com a benção do presidente da legenda em Pernambuco, André Ferreira e do presidente nacional do partido, Pastor Everaldo.

DESEMBARQUE – Nos bastidores da política, fala-se que o deputado federal, Betinho Gomes e seu pai, o ex-prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, podem deixar o PSDB, liderado pelo deputado federal, Bruno Araújo, para ingressarem no PPS.
Esse desembarque seria o motivo da Executiva do Partido Popular Socialista não estar aceitando a filiação do deputado federal, Daniel Coelho que, também, está prestes a deixar os tucanos. Outro motivo seria a familiaridade dos líderes da legenda com Betinho e Elias.

REFERÊNCIA – Em Serra Talhada, o secretário de esportes e lazer, Gin Oliveira, tem se tornado uma referência para outros secretários municipais na área desportiva.
Apesar de estar à frente da pasta pela primeira vez, Gin Oliveira realiza o Projeto Serra Esportiva, que reunirá milhares de atletas e esportistas de várias modalidades nas próximas semanas, na cidade. Após sua chegada a pasta, Serra Talhada se tornou a “Capital dos Esportes”.

PERGUNTA DE FOGO – A novela do MDB em Pernambuco terminará com vitória de Fernando Bezerra ou Raul Henry?

Por Robério Sá.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Coluna Pinga Fogo: Sem popularizar candidatura, Armando Monteiro poderá ser atropelado nas urnas, se concorrer ao Governo do Estado.

    Em respeito à Legislação Eleitoral, o Blog do Pereira.Net não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.