Últimas Notícias
Search

Em Santa Terezinha, 54 beneficiários tiveram Bolsa Família cancelados.

De acordo com as informações obtidas de fontes oficiais, cinquenta e quatro (54) famílias que estavam com processos de averiguação ou revisão, tiveram seus benefícios cancelados no Bolsa Família em Santa Terezinha. O cancelamento foi a primeira medida adotada na folha de pagamento do mês de janeiro de 2018. A segunda medida, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), é a instauração de processo de cobrança de ressarcimento dos valores recebidos indevidamente. 

Preocupado com estas famílias o blog entrou em contato com o gestor do Bolsa Família do município. Maurício confirmou o número de famílias que tiveram seus benefícios cancelados (54), mas ainda não soube precisar quando elas começaram a receber as cartas que cobram a devolução de recursos, mas informou que de acordo com informações do MDS, elas poderão sofrer sanções. Maurício esclareceu que caso essas famílias da relação não devolvam os valores, ficaram impossibilitadas de retornar ao programa por doze (12) meses e só poderão entrar novamente no Bolsa, se quitarem os valores cobrados pelo MDS, mesmo assim, ainda terão que esperar esse tempo (um ano).

Questionado, o gestor do Bolsa Família disse não saber o nome das pessoas ou das famílias, apenas o número, e ainda encaminhou documento da Corregedoria Geral da União (CGU) onde informa que os casos identificados poderão ser objetivo de inquérito da Polícia Federal do responsável familiar, que tenho omitido ou subdeclarado renda no momento do cadastramento ou da atualização cadastral. 

O gestor ainda deixou bem claro que para estes processos de cobrança de ressarcimento o município não tem qualquer atuação e que não pode reverter qualquer medida do MDS. Maurício finalizou dizendo que é de extrema importância que as famílias identificadas pela CGU nos processos permaneçam com o Cadastro Único atualizado.

Não é brincadeira o que o governo Temer vem fazendo com o povo brasileiro. De acordo com o último levantamento do ano passado (2017) mais de um milhão de famílias foram excluídas do programa. O corte inclui cancelamentos e as chamadas suspensões para análise, sob alegação de que estas permitem retirar famílias que não precisam mais do benefício e incluir outras que não recebiam. Segundo o Banco Mundial, o combate à pobreza na América Latina é quase condicionado ao Bolsa Família e demais estratégias brasileiras de superação da miséria. Muitas famílias conseguiram superar a fome com programas de transferência de renda, mas pelo andar da carruagem, no bolsa só vai ficar mesmo Temer e seus aliados políticos, afinal a crítica feita no carnaval carioca pela Paraíso do Tuiutí retratou o presidente no desfile da Sapucaí como “Vampiro Brasileiro“, “Diabo”, “Satã”, “Coisa Ruim”, que suga o sangue dos trabalhadores brasileiros.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Em Santa Terezinha, 54 beneficiários tiveram Bolsa Família cancelados.