Últimas Notícias
Search

Afogados: Vereador Wellington JK volta a desabafar sobre requerimentos não atendidos.


Vereador Wellington JK volta a desabafar sobre requerimentos não atendidos

Na noite desta segunda-feira (5), aconteceu a primeira Sessão Ordinária de 2018, marcando a retomada dos trabalhos na Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira.
Em uma Sessão bastante participativa onde só faltou o vereador Cícero Miguel, que segundo o presidente da Câmara Igor Mariano (PSD), justificou a falta por estar viajando e não ter conseguido voltar a tempo pra Sessão, foram apresentados dez requerimentos, sendo cinco Votos de Pesar e cinco requerimentos onde os vereadores pediram para que o executivo possa atender algumas demandas em relação a escolas da zona rural, calçamentos e etc.

Falando a repórter da Rádio Pajeú, Micheli Martins, o presidente Igor Mariano, informou que também houve a apresentação de dois Projetos de Lei: “um que dá nome de rua e outro um projeto importante que já vinha sendo discutido na Casa, que é a inclusão do Janeiro Branco ao calendário de eventos do município. Esse projeto já começou a tramitar e esperamos que seja aprovado em breve, também foi discutido os projetos que reajustam os vencimentos dos servidores da Câmara Municipal”, informou Igor, que também se disse feliz com a participação dos vereadores e disse esperar um ano muito produtivo.

Também falando a repórter Micheli Martins, o vereador Wellington JK (PEN), explicou o motivo do desabafo durante a Sessão. Segundo Wellington, o desabafo foi para os colegas da bancada governista, pedindo uma solicitação de que o prefeito José Patriota, atendesse aos seus requerimentos.

Wellington reclamou o fato de que em 2017 apresentou trinta e oito requerimentos e que desses, nenhum foi atendido pelo governo municipal, “ em 2017 quando eu vim pra primeira Sessão, foi com o pensamento de ajudar as pessoas que me elegeram, as que não me elegeram e a população afogadense de modo geral, então eu quero dizer que de trinta e oito requerimentos eu não fui atendido em nenhum. Eu posso dizer nenhum porque não veio nenhum comunicado para esta Casa falando que vai ser atendido o requerimento do vereador Wellington JK, quando eu falo requerimento do Wellington JK, na verdade são pedidos da população, são pedidos das pessoas que ficam clamando nas ruas, pedem pro vereador achando que ele pode fazer aquela obra, mas o meu trabalho é escutar a população, trazer pra essa casa, fazer o requerimento aprovar em sessão e enviar pra o governo do município”, desabafou JK.

JK fez questão de dizer que não tem nada contra o prefeito e que na verdade é aliado do governo, mas que não podia se calar: “não estou aqui dizendo que sou contra o prefeito, sou aliado da base, somos doze vereadores na base do prefeito, mas eu não posso ficar calado, eu tenho que dizer a população como é que foi o meu serviço, eu não consegui trabalhar, se eu não consegui atender a população, eu não consegui trabalhar, recebi os doze meses sem trabalhar, se eu fiz alguma coisa por alguma pessoa, foi tirando do salário de vereador e fazendo o que eu já fazia antes, ajudar as pessoas da forma que eu podia, então agora que eu sou vereador, eu tenho que fazer mais, eu tenho que atender aos anseios da população”, reclamou JK.

Wellington disse que no mínimo dos trinta e oito requerimentos apresentados, pelo ao menos dez poderiam ter sido atendidos, mas que ainda assim não se daria por satisfeito. “Porque a gente tem que trabalhar pelo povo, pelas pessoas que mais precisam, mas pelo ao menos teria sido atendido em alguma coisa”, disse.

JK disse que já anda com os requerimentos dentro do carro para provar às pessoas que fez o pedido. “Se as pessoas me cobrarem eu mostro, tá aqui eu fiz o requerimento, mas infelizmente não fui atendido pelo governo do município”, disse.

Wellington informou ainda que vai reapresentar todos os trinta e oito requerimentos e que vai continuar fazendo mais e ameaçou: “ao final do ano vou procurar as redes sociais, as rádios e o que mais for preciso pra me defender e prestar contas com a sociedade afogadense é o meu trabalho e eu tenho que fazer ele”, finalizou.

Essa bronca do vereador Wellington JK, não é novidade, o próprio JK, já havia externado essa insatisfação sobre a falta de atendimento da gestão Patriota a demandas dos vereadores. O tema também foi tratado durante um Debate das Dez na Rádio Pajeú, com os vereadores Igor Mariano, Rubinho do São João, Augusto Martins e Zé Negão, no dia 2 de maio de 2017.

A maioria dos vereadores na ocasião, ou de forma mais amena ou mais dura, reconheceram que o governo tem dificuldades para atender requerimentos e demandas dos vereadores, mesmo da base, Augusto Martins firmou que essa questão é histórica, mas registrou que teve um requerimento atendido, do asfaltamento da rua do INSS. Zé Negão disse que desistiu de requerimentos por saber que não são respondidos.

Por André Luis.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Afogados: Vereador Wellington JK volta a desabafar sobre requerimentos não atendidos.