Últimas Notícias
Search

A poesia chora e a saudade sente a partida de *Louro Branco.

A poesia perdeu nesta quarta-feira (17) um de seus principais artistas. Francisco Maia de Queiroz, o popular Louro Branco, faleceu no final da tarde no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. O poeta, cantador e repentista, natural de Jaguaribe (CE), residia em Santa Cruz desde 1991 e, ao longo de sua carreira, foi autor de mais de 700 composições e escreveu dois livros: “A natureza falando” e “Da casca até o miolo”.
Conhecido pelo jeito simples, era considerado um dos principais cantadores do Nordeste, tendo conquistado diversos prêmios, inclusive o de melhor cantador do país. Levou também sua poesia e arte no improviso para vários estados brasileiros, prestando grande contribuição na cultura popular. O velório deve ser realizado no Teatro Municipal e o sepultamento está previsto para acontecer nesta sexta-feira (19), mas o cemitério ainda não foi confirmado.
Recentemente, o artista foi um dos que receberam o título de cidadão santa-cruzense, honraria máxima do município, por seus feitos prestados em prol da cultura popular. A homenagem foi um pedido do vereador Ronaldo Pacas (PR) e aprovada por unanimidade no legislativo local. Louro Branco, quando ainda estava com saúde, fazia diversas apresentações, muitas delas em eventos e feiras livres de Santa Cruz e região.

 



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “A poesia chora e a saudade sente a partida de *Louro Branco.

    Em respeito à Legislação Eleitoral, o Blog do Pereira.Net não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.