Últimas Notícias
Search

Com recesso parlamentar de 90 dias, Câmara de Tuparetama rejeita redução.


Com recesso parlamentar de 90 dias, Câmara de Tuparetama rejeita redução

O papel do vereador eleito pelo povo é fiscalizar a atuação do executivo. Fiscalizar é o mesmo que observar atentamente, examinar, verificar. Em Tuparetama com 90 dias de férias (recesso), sendo 60 de 15 de dezembro a 15 de fevereiro, além de mais 30 no meio do ano, alguns vereadores acham que trabalham demais e  ao que parecem muito preocupados em fiscalizar a gestão.

Falando a Rádio Cidade FM o Presidente da Câmara Danilo Augusto afirmou que mesmo com a política e os políticos vivendo grande descrédito, os parlamentares governistas do seu município não parecem preocupados.

A bancada de oposição composta por Danilo Augusto, Plecio Galvão, Orlando Ferreira, Vandinha e Priscila Filó, apresentou em conjunto uma proposta que reduzia o recesso Legislativo em 15 dias. O projeto previa que o período fosse de quinze dias, indo de 15 de dezembro a 30 de janeiro. Alegando que já trabalham muito fora da estrutura da Câmara, os vereadores Diógenes Patriota, Valmir Tunú e Arlã Gomes votaram contra. O projeto foi rejeitado porque precisava de 2/3 para ser aprovado.

Por Anchieta Santos.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Com recesso parlamentar de 90 dias, Câmara de Tuparetama rejeita redução.

    Em respeito à Legislação Eleitoral, o Blog do Pereira.Net não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.