Últimas Notícias
Search

Prefeito de Iguaraci sofre derrota na Câmara de Vereadores.


Resultado de imagem para camara de vereadores de iguaracy

Apesar da decantada maioria exercida pelo Executivo junto ao Legislativo, a Câmara rejeitou, em votação na última segunda-feira (20), Projeto de Lei enviado pelo Prefeito, alterando completamente o Plano de Cargos e Salários, criando uma infinidade de cargos comissionadas e funções gratificadas e aumentando o número de secretarias.
Alguns pontos não escaparam aos olhares atentos dos vereadores, como por exemplo:
Extinção dos cargos de direção escolar, em vez da realização das eleições previstas em lei;
Exagerado número de cargos comissionados;
Salário de um médico por 20hs – R$ 1.500,00, enquanto o procurador jurídico por 20hs – R$ 4.500,00;
Entre Técnicos, Agentes de Saúde e Auxiliares de Enfermagem são 100 cargos;
Auditor Tributário;
8 Entrevistadores;
Sobrecarga de cargos e de despesas no FUNPREVI, ameaçando as futuras aposentadorias;
Retirada do cargo de Gerente de Previdência dos servidores efetivos, alterando a 245/2005;
Advogado para o FUNPREVI;
Delegação de atribuições através de projeto de lei, e por aí vai.
Votaram contra a matéria, os vereadores Fábio Torres (Líder do Governo), Manoel Olimpio, Neguinho de Irajaí, Simão Rafael, Amaury Torres e Tenente. A favor do executivo votaram os vereadores Francisco Torres e Jorge Soldado. O Presidente Francisco de Sales Galindo não votou, mas deu a entender que votaria contra a matéria. Com a posição de independência adotada pela Câmara, não se sabe agora com o executivo vai justificar despesas com salários de cargos que não existem. Para os demais servidores do quadro permanente não muda nada. O projeto cuidava mais do pessoal de casa.

Blog de Roberto Murilo



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 “Prefeito de Iguaraci sofre derrota na Câmara de Vereadores.