Últimas Notícias
Search

“Não houve sequestro”. Delegado dá detalhes de história criada por jovem e cúmplice em Itapetim.

O Delegado de Itapetim, Edson Augusto, disse há pouco ao programa Manhã Total, da Rádio Pajeú, que não passa de uma armação a história de um pseudo sequestro que teria vitimado uma menor de 16 anos em Itapetim. Ele passou o dia  ontem se debruçando sobre o caso.

“Chamou atenção a forma informada com a qual os supostos sequestradores agiram porque não é prática comum sequestro, principalmente de alguém que trajava roupas de escola pública, de pais muito dignos, mais simples, que lutam diuturnamente pela sobrevivência”.
Ele informou que começou uma vertente investigativa que acabou por ter êxito. 

“O que posso dizer é que não houve sequestro, não houve três pessoas em Hillux, não a levaram para local e conseguiram resgate. Foi uma criação mirabolante da jovem, com problemas pessoais, que criou uma história como essa”.
Segundo ele, o dinheiro foi para um cúmplice da menor que ajudou a bolar o plano. 

“Conseguimos recuperar R$ 535 e dois objetos adquiridos com esse dinheiro. Não houve sequestro. Ela precisa de apoio da família, amigos e psicológico”. 
O cúmplice também é menor e tem passagem pela polícia. Ele não deu detalhes mas presume-se que a menina tenha um relacionamento como menor.

“Ela não é usuária, o cúmplice, sim. Essa situação vai gerar um Procedimento Especial de Menor, um PEM, pela notícia caluniosa, que repercutiu até no estado”, disse. 
O caso, diz o Delegado, serve de alerta para pais na formação dos filhos.

Por Nill JR.



Gilson Pereira

Locutor e apresentador, Blogueiro, Funcionário Público e Acadêmico de Letras.Trabalho - Ocupação Identificador Civil e Criminal


0 ““Não houve sequestro”. Delegado dá detalhes de história criada por jovem e cúmplice em Itapetim.

    Em respeito à Legislação Eleitoral, o Blog do Pereira.Net não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.